NOTÍCIAS

16.04.2013

Premiado pesquisador do InCor faz palestra na Expo Fitness & Sports 2013

A noite de abertura da Expo Fitness Sports 2013, que começa nesta sexta-feira, em Itajaí-SC, vai contar com a presença do vencedor do Prêmio Jovem Cientista, o pesquisador Rodrigo Gonçalves Dias, que traz ao público um histórico que levou ao maior reconhecimento da ciência brasileira, o projeto “Genômica para Diagnósticos Moleculares no Esporte”. No encontro, que terá início às 21 horas, Dias vai falar sobre seus estudos científicos na área de genética e ciência do esporte. Com uma inédita verificação envolvendo genética e cardiologia, essa pesquisa foi considerada uma das mais relevantes descobertas já realizadas no país. Uma palestra motivacional com o intuito de evidenciar que as conquistas não têm limites e incentivar àqueles que buscam inspirações para suas realizações pessoais. A Expo Fitness & Sports acontece neste final de semana, dias 19, 20 e 21 de abril, das 12 às 21 horas, no Centreventos. A palestra de Rodrigo Gonçalves Dias, no auditório, tem como ingresso beneficente 1 kg de alimento não perecível.

CURSOS – Clique aqui, confira a programação completa e inscreva-se nos cursos da Expo Fitness

Descobertas - Quando praticamos exercícios físicos, nossas artérias se dilatam, abastecendo os músculos com sangue e nutrientes. A principal responsável pela vasodilatação é a molécula de óxido nítrico (NO), sintetizada naturalmente nos vasos sanguíneos por uma enzima específica, a óxido nítrico sintase (NOS). Em um estudo que propôs rastrear o gene codificador desta enzima, Rodrigo Gonçalves Dias descobriu uma mutação genética que pode comprometer o mecanismo de vasodilatação muscular durante a prática esportiva e, consequentemente, o desempenho do atleta. O estudo sugere que portadores do gene com o código alterado podem ser mais suscetíveis a doenças cardíacas e que, em atletas, a mutação pode diminuir a possibilidade de destaque em modalidades esportivas que exigem maior resistência física. Essa descoberta, juntamente com outros estudos avançados na área de genômica e esporte, renderam ao pesquisador o 1º lugar na 26ª edição Prêmio Jovem Cientista, que em 2012 tratou do tema “Inovação Tecnológica nos Esportes”.

A possibilidade de leitura do código genético permitiu a Dias identificar a presença da mutação no gene da NOS em 8% de uma população de 1.200 pacientes do Instituto do Coração – InCor (USP).  Na sequência, o pesquisador começou a investigar se as pessoas portadoras do código genético mutante poderiam apresentar diferenças na vasodilatação, em repouso e durante a prática de exercícios. “Quando o paciente está em repouso, não faz diferença se a enzima é produzida pelo código genético normal ou pelo alterado. No entanto, durante o exercício, indivíduos com o código mutante vasodilatam menos, quando comparados àqueles com o código genético normal. Conseguimos provar que esta vasodilatação prejudicada é realmente consequência da impossibilidade de a enzima aumentar a produção de NO durante o exercício”, explica Rodrigo, graduado em educação física e doutorado e pós-doutorado em genômica funcional pela Unicamp e pelo InCor.

Os resultados desta pesquisa repercutiram tanto no campo da cardiologia quanto no da medicina do esporte. “Desde 2008, quando o estudo ganhou o prêmio de melhor pesquisa no 63º Congresso Brasileiro de Cardiologiaa maior repercussão tem sido no campo da ciência do esporte. No caso de atletas, este gene da NOS pode, possivelmente, ser utilizado na detecção de talentos esportivos, com base na análise genômica”, explica. A descoberta sugere também que esportistas com essa alteração genética estão mais suscetíveis a lesões musculares e terão mais dificuldades de se recuperar delas – isso porque o NO, além de ser uma molécula vasodilatadora, regula a ativação das células tronco do músculo esquelético. 

Mas a pesquisa vai além. Com o sucesso alcançado na primeira etapa do trabalho, investimentos foram feitos em um novo projeto, resultado da parceria entre InCor e Polícia Militar (PM) do Estado de São Paulo. A ideia é rastrear todo o genoma humano e identificar aqueles genes que reagem ao estímulo do treinamento físico. Para isso, os pesquisadores estão utilizando um chip que permite quantificar a velocidade de expressão dos aproximadamente 25 mil genes que carregamos. “Gastamos quatro anos para desvendar e provar a funcionalidade daquela mutação em um único gene, o da NOS. Apenas três anos mais tarde, o avanço e barateamento da tecnologia genômica nos permitem investigar em um único experimento, todos os genes”, afirma Rodrigo.

Nesta nova etapa, os pesquisadores identificaram 2445 genes que interagem com o estímulo estressor do treinamento físico. “Quando nos exercitamos, o estresse fisiológico provocado mexe no genoma. Descobrimos que sucessivas contrações musculares, realizadas por um longo período de tempo, influenciam a velocidade de expressão dos genes, ou seja, impõem maior carga de trabalho para um grupo de genes e menor carga para outro”, avalia.

Analisar as mutações genéticas, como foi feito na primeira etapa, e as diferenças de expressão dos genes, como na segunda etapa, pode ajudar pesquisadores e médicos a entender porque determinadas pessoas são menos beneficiadas pela prática de exercícios físicos do que outras. E, ainda, prever o quanto um indivíduo se beneficiará das atividades físicas antes mesmo de começar a se exercitar. Os benefícios parecem se estender para o esporte. As análises poderiam mostrar a um treinador o quanto seu atleta será capaz de melhorar seu rendimento em determinada modalidade esportiva. “Atletas apresentam graus diferenciados de desempenho, o que não é novidade para ninguém. No entanto, nossas análises estão permitindo enxergar estas diferenças a partir de um cenário nunca antes visualizado, ou seja, em toda extensão do DNA humano”.

Serviço:

Expo Fitness & Sports 2013

Data: 19, 20 e 21 de abril

Horário: 12 às 21h

Palestra com Rodrigo Gonçalves Dias: dia 19, às 21h

Local: Centreventos, Itajaí-SC (Av. Ministro Victor Konder, 303 – Centro)

Informações: (47) 3367-4078 | 3248-1766

Lista de Notícias